×

Menssagem de erro

O arquivo não pôde ser criado.

Você está aqui:

Notícias

Governador entrega academias ao ar livre

10/08/2017

Governador entrega academias ao ar livre e defende que usinas da Cemig continuem com o Estado

Governo investiu R$ 6,3 milhões de emendas parlamentares para aquisição dos equipamentos; durante solenidade, Fernando Pimentel alertou para risco de alta nas tarifas de eletricidade 

 

O governador Fernando Pimentel oficializou nesta quarta-feira (9/8), no auditório JK, na Cidade Administrativa, a doação de 296 unidades de academias ao ar livre, que serão instaladas em 196 municípios mineiros.  Ao todo, foram investidos R$ 6,3 milhões por meio de emendas parlamentares para a doação dos equipamentos e compra de kits de material esportivo.

Fernando Pimentel destacou em seu discurso a importância da parceria com os deputados estaduais para conseguir atender à população em todas os Territórios de Desenvolvimento. “Essa é a verdadeira democracia. Porque você faz de forma transparente, utilizando o orçamento público com o melhor propósito, que é ajudar os municípios. Esta entrega aqui hoje simboliza o enfrentamento da crise pelos mineiros e pelas mineiras. Não é mérito de ninguém individualmente, mas é mérito de todos nós. Minas está enfrentando a crise e está ajudando o Brasil a sair dela”, afirmou.

Fernando Pimentel ainda destacou o clima de harmonia entre os Poderes, que está permitindo ao Estado avançar nas políticas públicas. Pimentel destacou, por exemplo, a entrega de ambulâncias no início da semana e a realização dos Fóruns Regionais.

“Nós conseguimos estabelecer em Minas Gerais - e isso é mérito de todos nós, não é do governo nem do governador - um ambiente de harmonia entre os poderes. Então, temos de valorizar a democracia, porque se hoje se as coisas estão complicadas, o caminho para simplificar e para sair da crise necessariamente passa pela democracia, pela atividade política, pela representação popular. Temos de valorizar quem tem voto”, disse.

 

Cemig

Em seu discurso, Fernando Pimentel ressaltou a luta do governo para manter a concessão do uso das usinas de Jaguara, São Simão e Miranda pela Companhia Energética de Minas Gerais (Cemig). Na terça-feira, (8/8), o governador esteve, juntamente com o presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes, além de deputados estaduais e lideranças mineiras, em Brasília, para uma audiência com o ministro do Supremo Tribunal Federal (STF), Dias Toffoli, responsável pelo processo que a Cemig move contra a União.

“Essas usinas, juntas, significam 50% da geração de energia da Cemig e nós estamos correndo o risco de perdê-las, porque o governo federal entendeu que não pode prorrogar o prazo da concessão para a Cemig. A União quer tomar as usinas e fazer um leilão. Isso vai ter um impacto terrível na economia mineira, porque não é só perder a operação das usinas que hoje a Cemig faz, é pior do que isso, pois o investidor que comprar vai ressarcir o custo na conta de luz. Então, esse preço vai ser repassado para a tarifa de energia elétrica que os mineiros e mineiras pagam, e que pode ficar três vezes mais cara”, afirmou.

O julgamento do caso no STF está marcado para o dia 22 de agosto. “A gente tem esperança de paralisar esse processo de leilão e negociar com a União a permanência dessas usinas com a Cemig. É uma luta que hoje é de todos os mineiros”, finalizou.

 

Anúncios

Durante o evento, também foram assinados três despachos governamentais. O primeiro deles determina à Secretaria de Estado de Esportes que capacite os municípios e demais interessados quanto à lei do programa Minas Esportiva Incentivo ao Esporte.

Outro despacho determina o repasse de R$ 800 mil para o investimento no programa. Pimentel também assinou o termo de lançamento do novo portal do Observatório do Esporte (www.observatoriodoesporte.mg.gov.br), que atuará como ferramenta de promoção e acesso às informações que incentivem o diálogo entre os agentes dos setores público, privado e sociedade civil, facilitando a prática de esportes e atividades físicas em Minas Gerais.  

Ainda foram anunciados editais para seleção de projetos de promoção e fomento do esporte e da prática de atividade física em Minas Gerais. Os interessados poderão acessar as informações e as novidades desses editais no site da Secretaria de Estado de Esportes (www.esportes.mg.gov.br).

O secretário de Esportes, Arnaldo Gontijo, valorizou o empenho do governo para aumentar os espaços públicos para a prática de atividades físicas. “O objetivo dessas ações é não só incentivar a pratica esportiva, mas também combater o problema que temos hoje com o sedentarismo. A gente sabe que a prática esportiva, fomentando a atividade física, traz mais saúde e felicidade para o povo mineiro”.

Os kits de material esportivo entregues às prefeituras, também durante o evento, são compostos por jogos de camisa e coletes; bolas de futebol de campo, futsal e vôlei; redes para futebol de campo, futsal, vôlei e troféus. No total, foram empenhados R$ 1.005.000,00 em emendas parlamentares para esta primeira entrega. Somando-se as academias e os kits, 280 municípios foram contemplados, sendo 272 prefeituras e oito entidades.

 

Academias

A instalação das academias ao ar livre nos municípios mineiros tem como objetivo oferecer à população locais de atividades esportivas e práticas corporais acessíveis. No conjunto de equipamentos de ginástica, estão simuladores de caminhada, esqui e cavalgada, além de bancos para exercícios para as pernas e braços.

Módulos com sete equipamentos e uma placa de orientação estão em instalação nos 17 Territórios de Desenvolvimento, por meio de convênios e termos de doação do Governo de Minas Gerais, através das secretarias de Estado de Governo e de Esportes, com as prefeituras.

O prefeito de Pains, no Território Oeste, Marco Aurélio Rabelo, representou os prefeitos na cerimônia e destacou a importância das entregas e elogiou gestão participativa do atual governo como um diferencial para priorizar as demandas da população.

“A forma como o governador tem conduzido o nosso estado, ouvindo as pessoas, indo em todas as regiões e compartilhando com o cidadão os problemas do governo, é um exemplo de gestão no país. Nos pequenos municípios, uma academia como essa melhora consideravelmente a qualidade da vida e motiva às pessoas”, disse.

 

Presenças

Também participaram da cerimônia os secretários de Estado de Governo, Odair Cunha; de Desenvolvimento e Integração do Norte e Nordeste de Minas Gerais, Epaminondas Pires de Miranda; de Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Pedro Leitão; Extraordinário de Desenvolvimento Integrado e Fóruns Regionais, Wadson Ribeiro.

Além do presidente da Assembleia Legislativa, Adalclever Lopes, também participaram os deputados Rogério Correia, Celinho do Sinttrocel, Márcio Santiago, Thiago Cota, Fábio Avelar, Nozinho, Geraldo Pimenta, Tadeu Martins Leite, Geisa Teixeira, Isauro Calais, Cristiano Silveira, André Quintão, Glaycon Franco, Anselmo José Domingos, Doutor Jean Freire, Elismar Prado, Duarte Bechir, Emidinho Madeira, Carlos Henrique, Bosco.

Notícias relacionadas

 Governo do Estado apoia consórcios municipais da bacia do Rio Doce na captação de R$ 50 milhões
10/08/2017

Dentre as medidas previstas no TTAC, está estabelecido o repasse de cerca de R$ 500 milhões aos municípios impactados para investimento em ações de saneamento básico, dentre os quais 10%, devem ser destinados para ações que possibilite a disposição adequada de resíduos sólidos.

Estado garante cobertura de certificação digital na capital e interior
23/08/2017

A certificação se refere a documentos sobre informações trabalhistas, fiscais, previdenciárias, entre outras, exigidas de pessoas físicas e jurídicas. A sinalização da demanda por este serviço mais regionalizado foi apresentada pela população ao Governo de Minas Gerais durante os Fóruns Regionais.

 Governo de Minas Gerais inaugura novo anexo do Presídio Regional de Montes Claros
24/08/2017

O  novo anexo conta ocupa uma área de 3.200 m² e é composta por 26 celas comuns, além de uma estrutura que permite aos Agentes de Segurança Penitenciários abrir e fechar as celas pela parte superior da edificação, evitando assim o contato direto com os detentos, minimizando possíveis riscos.