Avaliação de Desempenho Individual (ADI)

É o processo de acompanhamento e avaliação do desempenho do servidor efetivo estável, do servidor detentor de função pública e do ocupante exclusivamente de cargo comissionado, tendo como principal objetivo aprimorar a atuação dos servidores e, consequentemente, contribuir para a melhoria dos serviços públicos prestados pelos órgãos e entidades pertencentes à Administração Pública Direta, Autárquica e Fundacional do Poder Executivo de Minas Gerais.

O processo de Avaliação de Desempenho Individual (ADI) é regido pela Lei Complementar nº 71, de 30 de julho de 2003, e regulamentado pelo Decreto nº 44.559, de 29 de junho de 2007, competindo à Diretoria Central de Gestão do Desempenho, a normatização e coordenação da Política de Gestão do Desempenho, bem como acompanhar a implementação desse processo no âmbito dos órgãos/entidades junto às unidades setoriais de recursos humanos.

Realizado anualmente, o processo de ADI, em cada período avaliatório, possui quatro fases:

  • Planejamento do Desempenho;
  • Acompanhamento do Desempenho;
  • Avaliação de Desempenho;
  • Feedback (devolutiva) para o servidor

Conforme representação e descrição abaixo.

 

Figura 1 - Ciclo de Avaliação do Processo de Avaliação de Desempenho Individual (ADI)

Planejamento do Desempenho

Momento em que a chefia imediata deverá acordar junto ao servidor as metas e entregas a serem realizadas por ele durante o período avaliatório, bem como propor ações de desenvolvimento, baseado nos perfis de competências, por meio do Plano de Gestão do Desempenho Individual (PGDI).

Acompanhamento do Desempenho

Durante o período avaliatório, são previstos dois acompanhamentos obrigatórios, em que a chefia imediata deve verificar se as entregas acordadas (produtos, projetos, etc.) e as ações de desenvolvimento propostas foram realizadas pelo servidor.

Esse diálogo deve ocorrer por meio de feedbacks, visando à melhoria do desempenho pessoal e profissional do servidor, com o devido registro no PGDI para subsidiar o preenchimento da ADI ao final do processo.

Avaliação de Desempenho e Feedback

Momento ao final do período avaliatório em que a chefia imediata ou Comissão de Avaliação de Desempenho Individual deverá mensurar e avaliar as entregas realizadas, bem como a evolução das competências essenciais exigidas ao servidor, por meio do preenchimento do Termo de Avaliação (link abaixo). 

O Perfil de Competências Essenciais, nas quais os servidores são avaliados, é composto pelas seguintes competências:

  • Comprometimento Profissional;
  • Foco em Resultado;
  • Foco no Cliente;
  • Inovação e Trabalho em Equipe.

Excepcionalmente, alguns órgãos/entidades utilizam perfil próprio de competências essenciais, mapeados exclusivamente para os seus servidores. 

A partir dos resultados da avaliação de desempenho, o servidor receberá novamente feedback acerca de seu desempenho durante toda a etapa de avaliação. Os resultados da ADI também podem subsidiar ações de desenvolvimento, mobilidade, reconhecimento, progressões e promoções na carreira.