Política de TIC

Instituída pelo Decreto Estadual 46.765, de 26 de maio de 2015, a Política de Tecnologia da Informação e Comunicação tem como diretrizes gerais:

  • Planejamento e controle das ações de TIC;
  • Racionalização na utilização de recursos de TIC;
  • Integração e a interoperabilidade de seus serviços, processos e aplicações;
  • Padronização técnica de seus serviços processos, aplicações e dados;
  • Utilização de recursos de TIC para assegurar a transparência das ações governamentais.

A Política de TIC foi dividida em oito áreas:

  • Prospeccção e Padrões;
  • Infraestrutura de TIC;
  • Aplicações e Arquitetura de TIC;
  • Segurança da Informação;
  • Orçamento de TIC;
  • Compras e Contratos;
  • Governança de TI;
  • Pessoas.